Juros menores ajudam a melhorar o cenário de procura por imóveis corporativos e industriais

O menor risco que os investidores podem correr é investir seus recur- sos em títulos públicos atrelados à taxa básica de juros: SELIC ou CDI. Se os juros sobem, as taxas de seu investimento também sobem.

O menor risco que os investidores podem correr é investir seus recursos em títulos públicos atrelados à taxa básica de juros: SELIC ou CDI. Se os juros sobem, as taxas de seu investimento também sobem. Por outro lado, se as taxas caírem, os rendimentos também diminuem, sempre de acordo com a dinâmica da política monetária […]

Leia mais

A crise política não afeta interesse da Brookfield Properties no Brasil

A Brookfield ainda tem muito interesse no Brasil apesar do acirramento da crise política

A Brookfield ainda tem muito interesse no Brasil apesar do acirramento da crise política em decorrência das denúncias envolvendo o nome do presidente da República, Michel Temer. “A crise é de curto prazo, mas nossos investimentos são de médio prazo”, afirmou, ontem, o presidente da Brookfield Properties Brasil, Roberto Perroni, no TRX Day, evento do […]

Leia mais

TRX DAY, em São Paulo, discutiu o futuro do mercado imobiliário brasileiro

TRX Day São Paulo reuniu empresas como Artesia, Brookfield e CBRE para falar sobre oportunidades e desafios do novo contexto econômico para o setor

Na última quinta-feira, dia 22/06, a TRX, que desenvolve, adquire e financia ativos reais por meio da gestão de produtos de investimento, realizou a 10ª edição do TRX Day São Paulo. O painel principal do evento se propôs a discutir as oportunidades e desafios do novo contexto econômico no mercado brasileiro. Com a presença de José Alves […]

Leia mais

Assinado contrato para desenvolvimento e implantação de condomínio logístico e industrial no Porto do Açu

Projeto contará com investimento inicial de R$ 30 milhões e deve gerar 500 empregos no início da operação.

A Prumo Logística, empresa que desenvolve e opera o Porto do Açu, em São João da Barra, no Norte Fluminense, divulgou nesta segunda-feira (22) ao mercado a assinatura de um contrato com a empresa TRX para desenvolvimento e implantação de um condomínio logístico e industrial no porto. Desenvolvido em parceria pelas duas empresas, o condomínio irá […]

Leia mais

Paraná ganha primeiro parque logístico sustentável certificado

Construído em Quatro Barras para a Renault, empreendimento tem na racionalização do uso da água e da energia elétrica seus principais destaques

A preocupação com a preservação do meio ambiente tem levado as grandes indústrias a investirem em soluções de sustentabilidade que extrapolam seus processos fabris e chegam, também, à sua estrutura física. Foi o que aconteceu com o parque logístico da montadora francesa Renault, instalado no município de Quatro Barras, na região Metropolitana de Curitiba.   Leia a matéria na […]

Leia mais

Procura por galpões volta a crescer e anima proprietário

A gestora e desenvolvedora de galpões TRX tem propostas de projetos enviadas a potenciais clientes de galpões “built to suit”, que somam perto de R$ 1,5 bilhão. Boa parte delas se referem à participação em concorrências abertas pelas empresas que buscam espaços, segundo o vice-presidente da empresa, José Alves Neto, mas há também negociações diretas.   […]

Leia mais

Revista Logística

Nos últimos anos cresceu exponencialmente o número de galpões logísticos. Os condomínios atingiram seu ápice, e a locação de imóveis para operação logísticos se tornou, não só uma opção, como a principal delas. Clique aqui ler a revista

Leia mais

Segmento de galpões está pronto para retomada

Empresas que desenvolvem galpões logísticos avaliam retomar ou elevar investimentos, no próximo ano e em 2018, desde que haja melhora na economia e mais demanda por novas áreas. É o caso da Prologis CCP – joint venture entre a multinacional Prologis e a Cyrela Commercial Properties (CCP) -, da Goodman Brasil Logística (GBL), da Global […]

Leia mais

Com repatriação, busca de brasileiros por imóveis nos EUA volta a aumentar

Nem a eleição de Donald Trump foi o bastante para reduzir o interesse em ativos no país. Perfil principal, no entanto, passa a ser aquisição de espaços comerciais com longo contrato de aluguel

Com o processo de repatriação de recursos no exterior o brasileiro pode ganhar relevância no mercado imobiliário norte-americano. A expectativa é que a busca por ativos comerciais aumente ainda mais em 2017, independentemente de novas medidas do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump.  

Leia mais