TRX cria holding para adquirir o controle societário da Logbras

Marcos Amaro e Carlos Wizard passam a fazer parte da sociedade

A Logbras, uma das maiores plataformas de ativos industriais e logísticos do Brasil, fundada pelo Grupo TRX que também é responsável por suas operações no mercado, passou por uma reformulação societária e será controlada pela Maori Holding S/A, formada pela TRX (de Luiz Augusto Amaral, José Alves Neto e Marcelo Faria Lima), Marcos Amaro e Carlos Wizard Martins.

Para concretizar a transação a Maori Holding S/A adquiriu a totalidade dos 45% que a Property Brasil detinha na sociedade e absorveu os 10% que já pertenciam ao Grupo TRX, passando a deter 55% das ações e o controle da empresa. A Caixa Econômica Federal, que fazia parte da sociedade original, permanece por meio do FI-FGTS com 45%.

A organização da sociedade na Maori S/A se estabeleceu com 30,2% para Carlos Wizard Martins, 30,2% para Marcos Amaro e 39,6% da TRX.  As participações societárias para a Logbras , dentro da nova sociedade, estão compostas por 16,61 % para Carlos Wizard Martins, 16,61 % para Marcos Amaro e 21,78% da TRX.

“Temos como meta tornar a Logbras a maior plataforma de ativos industriais e logísticos do país nos próximos anos e para isso estamos avaliando a compra de diversos ativos em cidades estratégicas, além de dar sequência no desenvolvimento dos parques que já temos em carteira”, diz José Alves Neto, vice-presidente e sócio fundador do Grupo TRX e diretor responsável pela Logbras. “A entrada do Amaro e Wizard, como acionistas, certamente irá contribuir para o desenvolvimento do plano de expansão da Logbras. O Amaro foi um dos primeiros investidores da TRX, está conosco há anos e o Carlos Wizard está iniciando sua parceria conosco. As expectativas não poderiam ser melhores”, completa José Alves.

Atualmente, a TRX e a Logbras combinadas somam mais de 1,5 milhão de m² de Área Bruta Locável potencial para ativos de perfil industrial e logístico, com 900 mil m² somente na Logbras. A companhia já opera com diversos contratos de locação de longo prazo para grandes empresas e conta com seis parques logísticos localizados nas cidades de Cabreúva (SP), Embu (SP), Hortolândia (SP), Itatiba (SP), Quatro Barras (PR) e Salvador (BA), e tem na mira o desenvolvimento de mais 10, totalizando 16 até a próxima década.

A reestruturação acionária não caracterizará mudanças estruturais na empresa, que permanece com sua diretoria executiva. “Ao assumirmos o controle societário, daremos sequência na expansão da Logbras, e ampliaremos o perfil de produtos da empresa com o desenvolvimento de projetos especulativos dentro de alguns de nossos terrenos. Portanto, além de operações de Built to Suit, faremos também projetos de Big Boxes e galpões modulares onde esse tipo de produto fizer sentido”, diz José Alves.

Para os novos sócios, que farão parte do conselho da empresa, a atual economia em crise não assusta os empresários e investidores acostumados as fases cíclicas dos negócios no país.  “Acredito que o investimento em infraestrutura logística é um dos pilares para a retomada do crescimento do Brasil e reforçamos a confiança nessa plataforma de negócios”, diz Marcos Amaro. Já para Carlos Wizard Martins, empreender no mercado nacional é chave para criar oportunidades e expandir os negócios. “Sabemos que há uma grande demanda por serviços de qualidade que devem suprir o setor, além da geração de empregos que devemos criar com essa iniciativa. Esta é a tese de investimento”, diz Wizard.

A Logbras atua na compra de terrenos estratégicos e no desenvolvimento de grandes parques logísticos de armazenagem e de distribuição prioritariamente na modalidade Built-to-Suit (construção sob medida). “O ciclo de maturação dos nossos projetos é longo, entre cinco e sete anos. Com a crise, estamos encontrando excelentes oportunidades, quando o cenário econômico melhorar, teremos um estoque de áreas já aprovadas para disponibilizar com agilidade para o mercado”, explica o diretor responsável pela Logbras.

Sobre a Logbras

A Logbras é uma unidade de negócios do Grupo TRX focada em desenvolvimento de parques logísticos, centros de distribuição e empreendimentos de armazenagem.

Estruturada com alto nível técnico para atender prioritariamente clientes de grande porte, a Logbras viabiliza empreendimentos na modalidade Build-To-Suit (feitos sob medida e alugados por prazos longos) dentro de seus parques com infraestrutura compartilhada e localização estratégica nos principais centros de consumo do país. Mais sobre a Logbras em //www.logbras.com.br/

Malu Gonçalves
Tel.: (11) 2579-5404 / (11) 97659-9239
[email protected]

Iza França
Tel.: (11) 2579-5404/(11) 97644-4496 | 98879-1646
[email protected]

Luis Fernando Klava
[email protected]
Tel.: (11) 2579-5404 /(11) 98259-1080 | 98569-0748